producao-de-cafe-brasileira
Mercado Agrícola

Produção de Café no Brasil: Confira uma Visão Geral da Produção!

Você já se perguntou onde se concentra a produção de café brasileira? 

Muitos ainda remetem a produção cafeeira ao Estado de Minas Gerais, afinal historicamente este foi um grande produtor durante o período da República.

E isso não está errado – mas, apesar de ser o maior produtor do país, há ainda muito café no território nacional além do que é produzido naquela região.

O Fazenda Lucrativa traz hoje um panorama da atual produção cafeeira nacional, feito especialmente para o produtor rural.

Confira!

Dados da Safra de Café em 2020

A safra 2020 teve uma área cultivada com café arábica e conilon de 2,16 milhões de hectares, aumento de 1,4% em relação a 2019. 

A produtividade média, nesta safra, chegou a 33,48 sacas por hectare.

A área cultivada com café arábica somou 1,76 milhão de hectares nesta safra, o que corresponde a 81% da área existente com lavouras de café.

Já a área cultivada de café conilon tem uma estimativa de 401,7 mil hectares, correspondendo a 19% da área existente com lavouras de café.

area-total-de-cafe-arabica-conilon

Quais São Os Principais Estados Produtores de Café no Brasil?

Minas Gerais é o maior produtor de café, seguido por Espírito Santo, São Paulo, Bahia, Rondônia, Paraná e outros.

area-das-unidades-de-federacao

Minas Gerais

Localizado na região Sudeste, Minas Gerais é o maior estado produtor de café do Brasil, respondendo por cerca de 50% da produção nacional e sendo, aliás, uma das principais fontes de cafés especiais do país. 

Praticamente 100% das plantações são de Café Arábica, cultivado em quatro regiões produtoras: Sul de Minas, Cerrado de Minas, Chapada de Minas e Matas de Minas, que exportam seus cafés pelos portos de Santos, Rio de Janeiro e Vitória.

Espírito Santo

O Espírito Santo é o segundo maior estado produtor de café do país e o principal produtor de Conilon. 

Com plantações de café Conilon nas áreas mais quentes ao norte, região chamada de Conilon Capixaba, e de Arábica ao sul, região conhecida como Montanhas do Espírito Santo, o estado é grande fornecedor do mercado brasileiro e escoa seus cafés especiais pelo porto de Vitória.

São Paulo

O Estado de São Paulo é um dos mais tradicionais no cultivo de café. 

Sua produção é exclusivamente de Arábica, distribuída em duas regiões: Mogiana e Centro-Oeste Paulista, que alternam fazendas com pequenas propriedades e, além disso, produzem cafés especiais em áreas específicas. 

São Paulo abriga o porto de Santos, que escoa cerca de 2/3 das exportações de café do Brasil.

Bahia

O Estado da Bahia está localizado na região nordeste do Brasil, com clima quente e temperaturas mais altas. 

São duas as regiões produtoras de café no estado: Planalto da Bahia e Cerrado da Bahia, onde se cultiva Arábica. Ao sul do estado também há áreas onde se produz Café Conilon.

Paraná

O Paraná é o Estado produtor de café localizado mais ao sul do país. Nele, apenas o Café Arábica é cultivado, em plantações adensadas, que usam variedades adequadas ao clima mais frio da região. 

Outrora o maior estado produtor do país, vem recuperando sua produção com forte ênfase no cereja descascado.

Rondônia

O Estado de Rondônia se localiza na região norte do país. Com uma produção anual de aproximadamente 2 milhões de sacas, o estado produz exclusivamente café Conilon. 

A cafeicultura é tradicional e familiar, com pequenas propriedades.

Qual é o Maior Produtor de Café no Mundo?

O Brasil lidera o ranking de produção mundial, no ano de 2019 foram produzidas cerca de 2 592 toneladas, seguido do Vietnam com 1650 e Colômbia com 810.

maiores-produtores-de-cafe

Quais as Diferentes Variedades do Café?

Café Arábica

O foco da produção mineira está no Café Arábica, que possui uma característica vegetativa de bienalidade. Em outras palavras, as plantas passam por um ano de produção elevada para, no seguinte, ter uma produção reduzida. 

Esta característica pode ocorrer, inclusive, ao mesmo tempo em uma única planta – onde uma de suas metades tem uma alta produção em um ano, enquanto a outra está com baixa produção. Depois disso, vão invertendo a produção com o passar dos anos. 

Além da produção mineira, o Café Arábica também está presente nos estados de São Paulo, Espírito Santo e Bahia. Juntos, os quatro estados concentram 85% da produção desta espécie, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). 

Em 2018, considerado um ano de bienalidade positiva (alta produção), a produção estimada é de 45,94 milhões de sacas de Café Arábica.

Café Conilon

Atualmente, o Café Conilon (também conhecido como Robusta) tem sua produção concentrada no Espírito Santo, Bahia e Rondônia – estados que, juntos, totalizam 95% da produção dessa variedade. 

Segundo a Embrapa, o Espírito Santo deverá, em 2019, ter 68% da produção do Café Conilon no Brasil. O número estimado de sacas é de 10,37 milhões, provindas dos estimados 393,90 mil hectares produtores no estado.

O Café Brasileiro no Mundo

A cafeicultura brasileira é, no mundo, uma das mais atentas às questões sociais e ambientais, porque aqui há uma preocupação constante em garantir a produção sustentável de café.

Consequentemente, as leis trabalhistas e ambientais nacionais estão entre as mais rígidas entre os países produtores de café. 

São leis que respeitam a biodiversidade e os trabalhadores envolvidos no cultivo, repreendendo qualquer tipo de trabalho análogo à escravidão ou infantil. 

Além disso, os produtores brasileiros são conhecidos por preservar as florestas e a fauna nativas, combater a erosão do solo e proteger as fontes de água naturais. 

Portanto, a busca do equilíbrio ambiental entre flora, fauna e a produção de café é uma constante, da mesma forma em que assegura a preservação de uma das maiores biodiversidades do mundo.  

Como Melhorar a Sua Produção de Café?

A produção de café, assim como todo tipo de cultura, depende de uma gestão eficiente, que consiga otimizar os recursos e infraestrutura disponível da fazenda para ter maior produtividade e diferenciação no mercado. 

No mercado existem algumas ferramentas que podem auxiliar o produtor a tomar decisões mais embasadas e assim conquistar uma gestão mais eficiente. 

Um exemplo disso é o Software de Gestão Agrícola da eAgro. Com ele é possível unificar todos os dados da sua fazenda em uma só plataforma e assim ter acesso a relatórios completos que auxiliam em uma tomada de decisão inteligente.

Conclusão

Agora que já tem uma visão geral da cafeicultura no Brasil, compartilhe conosco nos comentários: quais as oportunidades e desafios da cafeicultura para o futuro?

Raphael Ivan

Programador apaixonado e entusiasta do Agronegócio, fundador e CEO da easyfarm. Sonha em voltar a produzir café, principalmente para sustentar seu vício pela bebida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *